O distrito de Bastille está localizada no 11 arrondissement de Paris e seu ponto de referência é a Praça Bastille. A revolução Francesa, evento central na história da França e do mundo, teve início na movimentada praça. Hoje o local está completamente revitalizado e conta com uma gama de restaurantes, galerias de arte e a impressionante Opéra Bastille.

O Marais é um bairro histórico da cidade e o seu destaque fica por conta da Place des Vosges, construída no século XVII. A praça é a mais antiga de Paris e possui uma beleza peculiar.

A principal rua da região é chamada de Rue Vieille du Temple e liga o Marais ao Alto Marais, concentrando ótimos cafés e restaurantes que vão do estilo tradicional ao moderno.

Com o objetivo de organizar a sua visita as regiões de Bastille e Marais, podemos destacar as suas principais atrações turísticas:

•PLACE DE LA BASTILLE

Importante praça de onde partem todos os movimentos sindicais da cidade. Carrega um enorme peso em seu nome por ter sido palco de grandes manifestações no passado e hoje é considerada ponto de partida de manifestações sociais de todos os gêneros pelos parisienses.

Precisamos destacar os dois monumentos presentes. A Colonne de Juillet é uma coluna de bronze e sua base é uma grande sepultura contendo mais de 500 heróis revolucionários que foram exumados em Paris, assim como algumas múmias egípcias que foram perdidas na Europa. O segundo monumento é a Opèra Bastille, casa de ópera construída durante o mandato de Mitterand.

Colonne de Juillet

Colonne de Juillet

Mesmo que você não curta esse tipo de atração não deixe de conhecer a praça pelo seu valor histórico e também por ser ponto de partida para outras atrações. Além disso, inúmeros bons restaurantes, brasseries e cafés podem ser encontrados na área.

Endereço: Place de la Bastille.

Como chegar: Ônibus (linhas 20, 29, 65, 69, 76, 86, 87 e 91) e metrô (estação Bastille).

•CENTRE GEORGES POMPIDOU

Os amantes da arte moderna não vão querer sair do complexo Pompidou. A construção abriga um dos maiores acervos mundiais relacionados ao movimento modernista e os visitantes podem apreciar arte através de pinturas, filmes, peças de teatro, espetáculos de dança e artes visuais.

fonte: mediation.centrepompidou.fr

fonte: mediation.centrepompidou.fr

O edifício futurista foi projeto por dois dos maiores arquitetos do mundo, Renzo Piano e Richard Rodgers. No seu interior está presente o famoso Museu Nacional de Arte Moderna, além de uma imensa biblioteca e galerias com exposições temporárias.

A entrada principal já leva o turista até o nível 0, onde é possível comprar os tickets. Fique atento as opções de ingresso. Se você deseja visitar o Museu Nacional de Arte Moderna e as exposições temporárias, o melhor a fazer é adquirir o passe integral.

O Museu de Arte Moderna parte do término do Museu d´Orsay, com obras que vão de 1905 até os dias atuais.  Seria interessante programar a visita considerando a ordem cronológica. Espere encontrar obras dos artistas modernistas estrangeiros: Pablo Picasso, Braque, Juan Gris, Pollock, Mark Rothkom, Barnett Newman etc.

Endereço: Place Georges-Pompidou.

Como chegar: Ônibus (linhas 29, 38, 47 e 75), metrô (estações Rambuteau, Hôtel de Ville e Châtelet) e  trem (estação Châtelet-Les-Halles).

Horário de funcionamento: Seg-Dom 11h-22h, as exibições do level 6 ficam abertas até 23h. A biblioteca funciona de seg-sex 12h-22h e sáb-dom-feriados 11h-22h.

Custo admissão: Todas as galerias €12-14 (adultos) / Gratuita (menores 18 anos). Cada exposição, shows e concertos pode apresentar um custo variado.

Dica: O Museu Nacional de Arte Moderna não cobra a entrada no primeiro domingo do mês.

•OPÈRA BASTILLE

É uma casa de ópera localizada na Place de la Bastille. A escolha do arquiteto foi feita através de uma competição com mais de 1.700 inscritos. O canadense Carlos Ott foi escolhido e o projeto foi inaugurado em 1989.

Sua arquitetura contendo uma fachada de mármore geométrica acaba dominando o cenário da praça. O seu interior acomoda 2.745 pessoas confortavelmente e a sua acústica é muito elogiada pelos frequentadores.

Opera Bastille - Interior.

Opèra Bastille – Interior.

No seu interior também são realizadas algumas exposições que variam de acordo o período. Atualmente está acontecendo, por exemplo, a exposição Bakst: dos Ballets Russes à alta costura.

Endereço: 120 Rue de Lyon.

Como chegar: Ônibus (linhas 20, 29, 69 e 76) e metrô (estação Bastille).

Horário de funcionamento: Bilheteria Seg-Sab 10h-18h30.

Custo admissão: Os custos variam de acordo com o espetáculo/assento. Consulte no site clicando aqui.

•MUSÉE PICASSO

O museu está localizado no Hotel Salé, na região de Marais (3 arrondissement), em uma mansão do século XVII.

Musee Picasso.

Musée Picasso.

O acervo está disposto em ordem cronológica (a partir das fases Azul e Rosa), do início dos anos 1900, passando pelo período cubista e chegando até os anos 1930. Reúne 1/4 das obras do artista, além de sua coleção particular. A fabulosa coleção concede ao museu um papel importante em expor internacionalmente os trabalhos de Picasso, assim como representar a sua vida e legado para arte.

Não deixe de conferir as seguintes obras de destaque: Autorretrato (1901), As banhistas (1918), Três mulheres na fonte (1921), Duas mulheres correndo na praia (1922), A cabra (1950), a escultura Babuíno e filhote (1951) e Velho Sentado (1970-1971).

Endereço: Hôtel Salé, 5 Rue de Thorigny.

Como chegar: Ônibus (linhas 29, 69, 75 e 96) e metrô (estações St-Paul e Filles du Calvaire).

Horário de funcionamento: Qua-Seg 09h30-17h30. O museu fecha dia 01/01 e 25/12.

Custo admissão: €8,50 (adultos), €6,50 (18-25 anos) e gratuito para menores de 18 anos.

•MUSÉÉ CARNAVALET

Se você é apaixonado por Paris e tem interesse em conhecer um pouco mais da história da capital Francesa, não deixe de conhecer o Museu Carnavalet. A história de Paris e dos seus habitantes é retratada através de objetos, pinturas, obras de arte dos últimos séculos.

Musée Carnavalet.

Musée Carnavalet.

A dica é não perder o quarto onde o escritor francês Marcel Proust morreu escrevendo À La Recherche du Temps Perdu.

Endereço: 23 Rue de Sévigné. Entrada também na Rue des Francs-Bourgeois.

Como chegar: Ônibus (linhas 29, 69, 76 e 96) e metrô (estação St-Paul).

Horário de funcionamento: Ter-Dom 10h-18h.

Custo admissão: Grátis, com exceção das exposições temporárias.

•PLACE DES VOSGES

A praça mais antiga de Paris precisa estar em seu roteiro pela cidade luz. O local já teve o seu apogeu durante o período que abrigou um palácio real, demolido futuramente por Catarina de Médice. Posteriormente foi transformada na place Royale, um dos primeiros planejamentos urbanos de Paris. Anos depois chegou ao seu atual nome, place des Vosges.

Place des Vosges.

Place des Vosges.

Reconhecida por sua construção possuir uma simetria perfeita, o local já teve muitos moradores famosos, como príncipes, duquesas, escritores e até o cardeal Richelieu.

As casas de tijolos formam um belíssimo cenário, acompanhadas de árvores e fontes. Seja para um descanso, ou simplesmente para passar algumas horas lendo um bom livro, a praça é uma ótima opção para os turistas que desejam sentir a alma da cidade.

Endereço: Place des Vosges, 75004.

Como chegar: Ônibus (linhas 29 e 96) e metrô (estações Bastille, Chemin Vert e St-Paul).

•CIMETIÈRE DU PÈRE-LACHAISE

Cemitério de origem inglesa na região leste da cidade. Logo no início não era considerado um bom local para ser enterrado. Ao longo do tempo o cemitério começou a receber túmulos de celebridades, o que acabou estimulando os parisienses a fazerem o mesmo.

cimetiere-du-pere-lachaise

Um dos túmulos mais visitados é o do vocalista da banda The Doors, Jim Morrison. O cantor morreu em Paris em 1971 e até hoje os fãs vão até lá para prestigiá-lo.

Como chegar: ônibus (linhas 61 e 69), metrô (estações Père Lachaise e Gambetta).

Horário de funcionamento: Seg-Sex 08h-18, sab 08h30-18h, dom 09h-18h (março à início de novembro). No restante do ano o horário de encerramento é às 17h30.

Custo admissão: Gratuita.

•ONDE COMER

>BREIZH CAFÉ

Excelente opção para comer um crepe delicioso. Os ingredientes são frescos, e existem opções para todos os tipos de gostos. Quem prefere um crepe mais ”light” pode escolher uma das opções com recheio de vegetais.

Crepe maravilhoso!

Crepe maravilhoso!

Endereço: 109 rue Vieille du Temple.

Horário de funcionamento: 11h30 às 23h (qua, qui, sex e sab) / 11h30 às 22h (dom).

→ Obs: Todos os preços mencionados estão baseados no ano de 2015. Considere um pequeno reajuste para o período da sua viagem.

Posts Relacionados