Sochi, a linda cidade de 400 mil habitantes, está localizada a cerca de 1700 km de Moscou, na costa do Mar Negro e aos pés da cordilheira do Cáucaso. Fundada em 1838, a cidade ficou mundialmente conhecida em 2014, quando foi sede das olimpíadas de inverno. Há muito tempo recebeu o título de Riviera Russa e é um dos lugares preferidos de veraneio dos turistas. Isso se deve em muito às suas características naturais: de um lado há praias, muitas são de pedras no lugar da areia, e do outro há montanhas com neve. A cada verão, Sochi é visitada por algo em torno de dois milhões de turistas.

A olimpíada de inverno de 2014 teve um papel fundamental na transformação da região, deixando um legado positivo no desenvolvimento sócio-econômico, cultural e ecológico da cidade. Os jogos deixaram como herança diversos objetos estruturais como um aeroporto modernizado, novas estradas e linhas férreas e dezenas de hotéis. O parque olímpico atualmente recebe diversos eventos nacionais e internacionais e é onde acontece também o Grand Prix da Rússia de fórmula 1. É no complexo olímpico de Sochi que está localizado o estádio Fisht, com capacidade para 47700 pessoas. Sochi é uma das principais cidades da Copa do Mundo 2018, sendo palco de 6 jogos – com direito a 1 jogo das oitavas e 1 jogo das quartas de final.

Fonte: theepochtimes.com

SOCHI – COMO CHEGAR

O aeroporto internacional de Sochi fica no distrito de Adler, a 30 km de distância do centro da cidade. Ele é acessível por carro, ônibus, trem e trem expresso. A melhor opção e mais rápida é o trem expresso “Lastochka” que vai pela costa e sai de dentro da estação do aeroporto. O trajeto dura meia hora e ele funciona diariamente a partir das 11 da manhã (podendo abrir horários extras durante a Copa).

Além do trem expresso, do aeroporto saem os ônibus №105, 105С e 124. Operam das 5:30 até às 23:35 e levam 1 hora para chegar a Sochi. Também há o microônibus (marshrutka) №130 e 131 que funcionam das 8 às 23 horas. Todos esses meios de transporte deixam você na região central da cidade.

O ônibus 51 vai para o centro de Adler, caso prefira se hospedar por lá. Para chegar ao parque olímpico, local onde serão realizados os jogos da Copa, pegue um táxi ou o ônibus 57k.

SOCHI – CLIMA

A cidade tem um clima mais ameno que outras regiões da Rússia. Janeiro e fevereiro são os meses mais frios, com temperaturas que variam entre 3°C e 10°C. No verão, os meses mais quentes são Julho e Agosto. Nesse período, as temperaturas variam entre 20°C e 28°C .

SOCHI – COMO CIRCULAR

Diferente de Moscou ou São Petersburgo, Sochi não conta com linhas de metrô. Portanto, a saída para se locomover é alugar um carro (há loja da Avis no aeroporto) ou contar com táxi e uber. Além dessas opções, há ônibus e microônibus que cobrem muito bem toda a região, tornando a locomoção bem prática. Essa última opção pode ser um pouco mais difícil para quem não fala russo. Clique aqui e leia o post com algumas dicas para você se virar bem na língua.

SOCHI – ONDE SE HOSPEDAR

Como Sochi não possui tanta facilidade de locomoção como as grandes cidades da Rússia, o ideal é você se hospedar de acordo com o seu planejamento de passeios. Em Sochi Central você vai ficar perto de museus, passeios para as cachoeiras e vai poder conhecer com mais facilidade a cidade que é um dos destinos mais procurados pelos russos. Já em Adler, a comodidade fica por conta da proximidade com o parque olímpico e o aeroporto, além da estação de trem que pode te levar à Sochi.

Se seu objetivo é visitar a região fora do verão e da Copa para esquiar, a melhor opção para se hospedar é no distrito de Krasnaya Polyana. É famoso por sua estação de ski que foi sede dos eventos de neve durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014.

SOCHI – O QUE FAZER

Clique aqui e veja o que fazer na cidade.

 

Fonte: sailonboard.com

 

 

 

 

 

Posts Relacionados