O QUE FAZER EM SANTIAGO?

Não vão faltar opções de atrações para conhecer na cidade. São bairros interessantes, bons restaurantes, museus, praças e parques. Você sempre vai voltar com a sensação que existe mais para explorar. A capital chilena é cheia de museus e o mais interessante, na maior parte você não paga para entrar. Além disso, os chilenos tem espaço de sobra para curtir a natureza. Isso porque a cidade conta com diversos parques.

ATRAÇÕES PRINCIPAIS

La Chascona

DSC_0101_red

Essa é uma das três casas que Pablo Neruda construiu no Chile. Está localizada no bairro Bellavista, bem próxima ao Cerro San Cristóbal. O ingresso para entrar custa 6.000 pesos chilenos e a visita dura cerca de 30 minutos.

Cerro San Cristobal

cerrosancrist_red3

Vista do alto do Cerro

cerrosancrist_red

Imaculada Conceição no Cerro San Cristobal

Bem próximo a La Chascona, está a estação do funicular que leva até o alto do Cerro de San Cristóbal. O Cerro é um grande parque no alto da montanha, o que permite ter uma vista incrível da cidade. A dica é subir de funicular e descer de teleférico, assim você tem a experiência de andar nos dois. A estação final do teleférico é bem próxima à região onde fica o Sky Costanera.

Teleférico – aberto de terça a domingo, das 10h às 19h (até 20h no verão). Preço varia entre $1910 (dias de semana) a $2290 (finais de semana e feriados) para adultos. Bilhete de ida e volta tem desconto, idoso e crianças também.

Teleférico

Funicular – aberto de terça a domingo, das 10h às 18h45 (até 19h45 no verão) e segunda de 13h às 18h45 (até 19h45 no verão). Toda primeira segunda-feira do mês fica fechado para manutenção. Preço varia entre $1500 (dias de semana) a $1950 (finais de semana e feriados) para adultos. Bilhete de ida e volta tem desconto, idosos e crianças também.

DSC_9195_red

 

Patio Bella Vista

20161231_004536_red

O Patio Bella Vista é um complexo de bares, restaurantes e lojinhas super movimentado, principalmente à noite. É imperdível e vale a visita tanto de manhã para um almoço, quanto à noite para tomar uns drinks e jantar.

Sky Costanera

Vista do alto do Sky Costanera

Vista do alto do Sky Costanera

O Sky Costanera é um shopping com um mirante no seu último andar.  A 300 metros de altura, é possível ter uma vista em 360º graus de Santiago. A entrada para esse mirante é feita pelo shopping Costanera Center. O momento ideal para visitar o mirante do Sky Costanera é no fim da tarde, assim você vê o pôr do sol e a cidade acendendo. O ingresso custa $10.000 para adultos, de segunda a domingo e feriados. Às quartas-feiras o ingresso custa $7.500. Crianças e idosos (65+) tem desconto.

Mercado Central de Santiago

mercadocentral

Uma grande feira gastronômica e cultural que acontece dentro de um edifício histórico com mais de 100 anos. Esse é o Mercado Central de Santiago, um lugar que ganhou fama e virou ponto turístico para aqueles que visitam a cidade. É uma reunião de tudo que existe de mais típico do país, pratos tradicionais, produtos, frutas.

Para chegar de metrô, basta fazer conexão para pegar a linha 2 (amarela) na direção Vestpucio Norte, descer na estação Puente Cal y Canto e usar a saída da rua Puente.

A entrada é gratuita e o mercado funciona todos os dias, das 8h às 19h.

Parque Forestal

parque_forestal

Bem próximo ao mercado central, o Parque Forestal corta a cidade e é um refúgio para os chilenos que querem um tempo de descanso, exercício e um contato com a natureza. Além disso ele abriga o Museu de Arte Contemporânea.

Palácio de La Moneda

palacio_lamoneda

O Palácio é a sede da presidência chilena e foi construído em 1805.  Está localizado na Plaza de la Constitución. Tente combinar a visita com o momento da troca da guarda. A troca acontece a cada dois dias, às 10h nos dias de semana e às 11h nos finais de semana. Antes de ir se informe sobre o evento.

Centro Cultural Palácio de La Moneda

20161019_140545469_iOS_red

Junto ao Palácio e no subterrâneo da praça, está esse centro cultural que possui salas modernas que recebem diversos tipos de exposições.

Funciona de segunda a domingo, das 9h às 20h30. A entrada é grátis até às 13h. A partir desse horário, o ingresso custa $5.000 (estudantes pagam meia).

 Plaza de Armas

plaza_armas

A praça fica no coração do centro histórico de Santiago. Está sempre muito movimentada, tanto de dia quanto à noite. É um espaço cheio de artistas de rua e muitas vezes é palco de protestos. Nela, também está a Catedral Metropolitana, o Museu Histórico Nacional, que funciona de terça a domingo das 10h às 18h e tem entrada gratuita, e o prédio histórico do Correo Central, construído em 1882.

correo_red

Correo Central

museu_historico_nacional

Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

museu_pre_colombiano

Considerado o museu mais interessante de Santiago, o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana  está localizado em um edifício de 1805 e foi reconfigurado após o terremoto em 2010. Com tecnologia de última geração, o museu expõe peças do período anterior à chegada dos espanhóis na América.

O Museu funciona de terça a domingo, de 10h às 18h. O ingresso custa $4.500 e estudantes pagam $2.000. No primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita.

Cerro Santa Lucía

DSC_9169_red

Definitivamente um dos lugares mais bonitos de Santiago, o Cerro Santa Lucía é um grande parque localizado no alto de uma montanha (cerro) no bairro Lastarria. Não tão alto quanto o Cerro San Cristobal, o Cerro Santa Lucía ainda assim tem um mirante que proporciona uma vista incrível da cidade com os Andes ao fundo. Suas praças e o lindo Castelo Hidalgo fazem do parque um lugar especial.

Aproveite a visita para passear e conhecer o bairro Lastarria, um bairro jovem e super gastronômico.

Vista do alto do Cerro Santa Lucía

Vista do alto do Cerro Santa Lucía

 

Museu Nacional de Belas Artes

bellasartes

O Museo Nacional de Bellas Artes conserva um patrimônio artístico de mais de 3000 peças, além de amplas seções de pinturas, esculturas, desenhos e fotografias, do Chile e do mundo todo.

Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h45. Entrada gratuita.

 

Sobrou tempo? Aproveite para visitar:

 

Centro Gabriela Mistral

gam

Também conhecido como GAM, o Centro Cultural Gabriela Mistral é um edifício moderno construído para promover a arte. Além das exposições artísticas, o lugar também tem regularmente performances musicais, teatrais e de dança.

O museu funciona de terça a domingo e a Sala de Artes Visuais funciona de 10 às 21h (domingo abre às 11h). A biblioteca, lojas e cafeterias tem horários diferentes. A entrada para as exposições de artes visuais é gratuita. Para as apresentações em cartaz é necessário comprar ingresso e o valor varia de acordo com a atração.

Museu de Artes Visuais

O Museo de Artes Visuales fica no bairro Lastarria e surgiu com objetivo de fomentar a diversidade cultural e artística nacional, promovendo um espaço para a arte chilena contemporânea. Dentro dele fica um pequeno museu, o Museo Arqueológico de Santiago.

Funciona de terça a domingo, de 11h às 19h. A entrada custa $1.000 e aos domingos é gratuita.

Parque O’higgins

O que não falta em Santiago são parques e o Parque O’higgins é um deles. É o segundo maior parque da capital chilena e a zona mais verde da cidade. São 59 hectares com diversas áreas verdes, espaços para esportes,  lago com pedalinho, quadras de tênis, parques para crianças, espaços para churrasco e piqueniques. No local ainda existe um complexo de museus, um parque de diversões, uma casa de shows e o melhor, é possível chegar de metrô.

Parque Balmaceda

balcameda_parque

Localizado no bairro Providência, o Parque Balmaceda possui um obelisco, monumento construído para José Manuel Balmaceda, que deu nome ao parque. A praça também abriga uma fonte de água que durante a noite se acende com cores diferentes, chamando a atenção de todos que passam pela área.

Museu de Arte Contemporânea

MAC

Especializado em arte moderna e contemporânea, o MAC tem dois endereços em Santiago: um prédio neoclássico no Parque Forestal e uma construção estilo francês do século 19 na Quinta Normal. O primeiro possui um acervo e exposição de artistas nacionais e internacionais. O segundo recebe mais exposições experimentais e mostras de arquitetura.

De terça a domingo, das 11h às 19h (domingo até às 18h). Entrada gratuita.

Parque de las esculturas

Fonte: turistik.cl

Fonte: turistik.cl

É um grande museu a céu aberto, localizado no bairro Providência, que exibe esculturas de artistas chilenos e de diversos outros países. O parque também é palco de diversos festivais culturais, como por exemplo, o Festival Internacional de Jazz.

Com exceção dos dias em que recebe esses festivais, o museu funciona todos os dias, das 10h às 19h30. A entrada é gratuita.

Parque Bicentenário

Ocupando uma área de 30 hectares, o Parque Bicentenário é um moderno parque com diversas atividades para a família. Ele fica mais distante do centro histórico de Santiago, na região de Vitacura. Um lugar para passear, caminhar, andar de bicicleta e correr.

Museu da Memória e Direitos Humanos

Com uma construção moderna, o museu conta a história da Ditadura Militar Chilena. Através de fotos, documentos, provas e arquivos digitais, ele mostra a trajetória da Ditadura e tudo o que o país e a população viveram nesse período, com o objetivo de abrir debate e reflexão sobre os direitos humanos.

Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h (no verão até às 20h). Entrada gratuita.

 

Além de tudo o que há para fazer em Santiago, não deixe de separar metade de um dia para conhecer uma vinícola. Veja aqui quais visitar.

 

banner_destinosproximos

banner_mododica_basemenor

Posts Relacionados