O QUE FAZER EM SAMARA

Samara Kosmicheskaya – Museu de História Espacial

Fonte: nipinfor.ru

Um dos diferenciais de Samara é o fato da cidade ser um centro aeroespacial. Aqui é o berço da engenharia aeroespacial russa e onde construíram o foguete que levou o primeiro homem ao espaço – o mundialmente famoso Yuri Gagarin. Para quem é apaixonado por essa temática, visitar o Museu da História Espacial de Samara é um programa obrigatório. No museu é possível ver o uniforme espacial, réplicas de naves, motores e logo na entrada você será surpreendido por um verdadeiro foguete Soyuz.

O museu abre diariamente, exceto segunda-feira e toda primeira terça-feira do mês. A entrada custa 150 rublos e para chegar ao local é possível usar o metrô. A estação Rossiyskaya fica bem ao lado do museu.

Casa Memorial do Vladimir Lênin – Dom-Muzey V.I. Lenina

Fonte: tourister.ru

No centro histórico de Samara está uma casa que faz parte da história mundial. Trata-se de um casarão onde, entre os anos 1890 e 1893, a família Ulyanov alugou um apartamento no segundo andar. É nesta casa que Vladimir Ilyich Ulyanov, posteriormente conhecido como Lênin, prestou exames para a área jurídica e onde começou a formar a sua visão de mundo. O museu abre diariamente, exceto aos domingos e toda segunda quarta-feira do mês. A entrada custa 150 rublos e a casa fica na rua Ulitsa Leninskaya, número 131.

Rua Leningradskaya

Fonte: travel.rambler.ru

No centro histórico de Samara há uma rua que se assemelha à Rua Arbat de Moscou. Trata-se da Rua Leningradskaya (Leningradskaya Ulitsa), uma rua fechada para pedestres, recheada de diversas lojas e bistrôs. Para quem quer conhecer a parte histórica de Samara, esse é um passeio obrigatório já que a rua preserva vários edifícios antigos. É também um bom programa para quem quer apenas fazer umas comprinhas ou passar um tempo em um agradável café. Comece o passeio a partir da Rua Frunze (Ulitsa Frunze).

Orla de Samara

fonte: samaratoday.ru

A orla de Samara (Samarskaya Naberezhnaya) é o lugar de descanso preferido dos moradores locais e um bom passeio para os turistas. A orla, que tem 5 quilômetros de extensão, desemboca na praia da cidade e ao longo do seu percurso, é possível se deliciar com a beleza do Rio Volga. Não deixe de parar para lanchar em alguma cafeteria ou quiosque. Você também pode alugar uma bicicleta para percorrer toda a orla.

fonte: samaratoday.ru

Restaurante Staraya Kvartira

fonte: afisha.ru

O restaurante Staraya Kvartira é imperdível para quem quiser conhecer a culinária russa e, de quebra, ver como era a vida dos russos na época da União Soviética. Staraya Kvartira, que significa “Velho Apartamento”, fica na Rua Ulitsa Samarskaya Nº 51 e é um restaurante que parece até um museu. A experiência é única e o preço é bem em conta: varia de 700 a 1500 rublos.

Art Nouveau Museu – Muzey Moderna

fonte: samaramodern.ru

Art Nouveau é o estilo artístico que dominou as capitais europeias no fim do século XIX. Ele também fez muito sucesso em Samara, deixando suas marcas na arquitetura local. Na cidade nasceu o primeiro Museu Art Nouveau da Rússia. Conhecido como Muzey Moderna, o museu abriga em seus 3 andares peças do início do século XX e exposições temporárias, além de trabalhos modernistas de artistas locais. Está localizado em um casarão que pertenceu a um grande comerciante da cidade, na Ulitsa Frunze – 159. É um prédio de esquina e a entrada fica na rua Krasnoarmeyskaya Ulitsa. O museu funciona diariamente, exceto às segundas-feiras, e a entrada custa a partir de 80 rublos.

Restaurante U Vakano

Foto de Alexey Pevnev / ren-ar.livejournal.com

Às margens do Rio Volga, na rua Volzhsky prospekt Nº4, está a Fábrica de Cerveja Zhigulevskoye. Cerveja Zhigulevskoye foi a cerveja mais popular na União Soviética e era produzida em várias regiões do país, mas os locais de Samara garantem que a verdadeira e a original cerveja Zhigulevskoye é a da cidade. Para provar essa cerveja, nada melhor do que o restaurante localizado na própria fábrica, o “U Vakano”. O nome do restaurante vem do fundador da fábrica, Alfred Von Vacano, um austríaco que em 1881 começou a produção de cerveja na cidade. A comida para acompanhar a cerveja é bem variada: há no cardápio peixes, aves, carnes variadas e acompanhamentos, tudo preparado num estilo bem russo.

Museu Regional de História Local Piotr Alabin (Samarskiy Oblastnoy Istoriko-Krayevedcheskiy Muzey Im. P.v. Alabina)

fonte: autotravel.ru

O nome é grande, assim como o repertório do Museu de História Alabin. Trata-se do museu mais antigo da região do Volga (completou 130 anos em 2016) e que conta com um acervo de mais de 180 mil peças. Este museu foi uma iniciativa de um prefeito da cidade e nele você poderá ver ossadas de dinossauros, utensílios domésticos antigos, moedas e muito mais. Para quem gosta de história, esse é um museu bem legal de se visitar. Fica na Ulitsa Leninskaya Nº142 e funciona diariamente das 10h às 18h, menos às segundas-feiras. A entrada custa 100 rublos.

Mosteiro Feminino Iversky (Iversky Zhenskiy Monastir)

fonte: monasterium.ru

Bem em frente à Fábrica de Cerveja Zhigulevskoye, na rua Volzhsky Prospect Nº1, fica o Mosteiro Feminino Iversky. O Mosteiro foi construído entre 1850 e 1860 e é um belo complexo da Igreja Ortodoxa Russa. Na época pós revolução o mosteiro sofreu algumas demolições mas o conjunto de edificações atual ainda encanta. Vale a visita para conhecer as suas cúpulas douradas e suas capelas ortodoxas repletas de ícones sacros.

Templo de São Jorge

fonte: travel.rambler.ru

Perto da margem do Rio Volga, na rua Ulitsa Mayakovskogo Nº11, está o Templo de São Jorge. Trata-se de uma das mais rebuscadas igrejas de Samara e que se destaca na paisagem da cidade por ficar localizada num morro, o que lhe confere um grande destaque. O Templo foi construído nos anos 2000 em homenagem aos veteranos de guerra e por isso recebeu o nome de São Jorge, que na Rússia representa vitória. Vale a pena dar uma conferida nessa bela igreja.

Teatro Acadêmico de Drama Maxim Gorky

fonte: travel.rambler.ru

O Teatro Acadêmico de Drama Maxim Gorky (Samarskiy Akademicheskiy Teatr Dramy Im. M. Gor’kogo) é um edifício de cor vermelha que se destaca na Praça Chapaeva (Ploschad Chapaeva). Sua arquitetura e cor lembram um pouco as edificações da Praça Vermelha de Moscou e ele detém o título de maior e mais antigo teatro da cidade. Aqui acontecem as principais apresentações de música e peças teatrais (infelizmente apenas na língua russa) da cidade mas o próprio prédio representa uma atração a parte. Sua construção data de 1851! Se quiser apenas visitar ou assistir a alguma apresentação no teatro, a localização dele fica na Praça Chapaeva, na esquina das ruas Ulitsa Frunze com Ulitsa Vilonovskaya e os ingressos podem passar de 1000 rublos.

 

Clique aqui para saber onde se hospedar, como chegar e como circular na cidade.

 

Posts Relacionados