O QUE FAZER EM AMSTERDAM

A atmosfera da cidade é muito apreciada pelos visitantes. Amsterdam possui um ambiente onde é possível notar os traços históricos do século XVII, combinados com uma metrópole atual e movimentada. É justamente esse clima que estimula a vontade de retorno à cidade. Existem diversos pontos turísticos interessantes espalhados pela pequena cidade:

• CANAIS

Os canais de Amsterdam são datados do século XVII e possuem uma beleza extraordinária. É uma delícia caminhar nas margens durante o dia.

amsterdam

 • MUSEU ANNE FRANK

O museu é a casa onde Anne Frank e sua família se esconderam durante 2 anos (1942 a 1944) no período nazista. Milhares de turistas visitam o local para conhecer o esconderijo em que ela viveu e escreveu seu comovente diário. A visita vale mesmo para quem não conheça a sua história, pois nos aposentos da casa é possível ler diversos trechos do diário e fatos sobre a sua vida enclausurada. Há frases espalhadas pelas paredes, fotos, depoimentos e objetos que ilustram toda a rotina da vida daquelas pessoas.

Essa atração é imperdível. A compra dos tickets com antecedência é aconselhável, pois as filas para a compra no dia da visitação podem se tornar astronômicas, ou pior, indisponíveis. A partir de maio/2016 o museu estará aberto das 09h00 às 15h30 apenas para visitantes que possuírem um ticket online, e das 15h30 às 22h00 para os demais visitantes que optarem pela compra na entrada do museu. É possível fazer a compra pelo site oficial clicando aqui.

Interior do museu - Fonte: www.annefrank.org

Interior do museu – Fonte: www.annefrank.org

Obs: Não é permitido tirar fotos no interior do museu.

Como chegar: Opções de bondinho (conhecido como tram) nº 13 ou 17, ou então o ônibus 170, 171 ou 178.

• LETREIRO I AMSTERDAM

O famoso letreiro está localizado na praça dos museus (Museumplein).

letreiro-amsterdam

• MUSEUMPLEIN

A praça é perfeita para os amantes de arte. Existe uma concentração de museus (Van Gogh, Rijksmuseum e Stedelijk), além de uma área agradável para descanso.

museumplein-amsterdam
museumplein-amsterdamComo chegar: Opções de trams nº 3, 12, 16 ou 24, ou então o ônibus 170, 172 (parada Museumplein).

• MUSEU VAN GOGH

Pintor holandês pós-impressionista do século dezenove. Este museu apresenta a maior coleção do pintor, com cerca de 200 pinturas, 500 desenhos e 750 documentos escritos, atraindo cerca de 1 milhão e meio de visitantes por ano.

As obras-primas do museu são seus autorretratos, Os Girassóis, O Quarto em Arles e Os Comedores de Batatas.

amsterdam-van-gogh

Dica: O museu fica bem vazio antes das 10h00.

Como chegar: Opções de trams nº 2, 3, 5, 12, 16 ou 24, ou então o ônibus 145, 170 e172.

• RIJKSMUSEUM

É o Museu Nacional dos Países Baixos. Apresenta a história da Holanda desde 1.100 até o presente.

Horário de funcionamento: 09h00 às 17h00.

guia-amsterdam

Como chegar: Opções de trams nº 3, 12, 16 ou 24, ou então o ônibus 170, 172 (parada Museumplein).

• VONDELPARK

Parque central da cidade no estilo inglês. É perfeito para quem pretender andar de bicicleta com tranquilidade, relaxar em suas diversas áreas verdes, fazer piquenique e tomar sol. O local é repleto de pequenos lagos e árvores.

vondelpark

amsterdam-vondelpark2

Como chegar: Trams 2 e 5 (parada Van Baerlestraat), 1 (parada Eerste Constantijn Huygensstraat).

• BEGIJNHOF

Conhecido também por Jardim das Beguinas, o local é um conjunto de casas antigas (alguns documentos mencionam o ano de 1346, porém é reconhecido oficialmente em 1389) que servia de moradia para as beguinas, mulheres leigas católicas que dedicavam sua vida ao trabalho em serviço dos pobres, doentes ou anciãos.

No Begijnhof está presente a casa mais antiga da cidade, a Houten Huis – número 34. Sua fachada de madeira original foi preservada, apesar de terem sido proibidas em 1521 pela facilidade de incêndio.

Houten Huis (Casa escura). Fonte: https://smukkecirsten.wordpress.com/2014/06/19/amsterdam-the-city-of-monuments/

Houten Huis (Casa escura). Fonte: https://smukkecirsten.wordpress.com

O local passa despercebido por muitos visitantes por ficar escondido atrás de uma porta. Considero a visita a esse local uma viagem no tempo. Faz-se necessário o silêncio.

Como chegar: Tram 2 (estação Spui).

• PRAÇA DAM

 É considerada uma das praças mais famosas e movimentadas da cidade. A construção é datada de 1270, e foi nesse local que ocorreram diversos momentos importantes da história do país.

Atualmente conta com atrações como O Museu de Cera Madame Tussauds, o Palácio Real, De Bijenkorf (enorme loja de departamentos), além de diversos cafés, restaurantes e lojinhas.

Museu de Cera Madame Tussauds

Museu de Cera Madame Tussauds

De Bijenkorf

De Bijenkorf

Como chegar: Trams 13, 9, 1, 2, 5, 24, 16.

• ALBERT CUYP MARKET

É uma famosa feira de céu aberto. É possível encontrar de tudo nas barraquinhas: roupas, bicicletas, comidas, verduras, flores, os deliciosos stroopwafles holandeses, frutas, temperos etc.

Albert-Cuyp-Markt

Como chegar: Tram 3 (estação Tweede van der Helststraat).

• HEINEKEN EXPERIENCE

Atração onde o visitante tem a experiência de acompanhar o processo de fabricação e engarrafamento da Heineken em um tour de 1h30. No fim é oferecido uma degustação.

O edifício foi construído em 1867 e funcionou como a primeira cervejaria Heineken.

Entrada Heineken Experience

Entrada Heineken Experience

Como chegar: Trams 24 e 16.

• RED LIGHT DISTRICT

 Bairro conhecido pela forte presença da prostituição. Em alguns pontos a sensação é de estar em labirintos de ruelas medievais.

Alguns visitantes tem um certo preconceito em visitar a região devido as prostitutas ali presentes, mas acredito que devemos lidar como uma questão cultural da cidade. Eu considero um lugar interessante para tomar um drink à noite, de preferência próximo as margens dos canais.

Como chegar: trams 4, 9, 16 ou 24.

• COFFEESHOP

São estabelecimentos onde o consumo de produtos feitos com cannabis e substâncias similares são permitidos por lei. A maioria dos coffeeshops ficam bem lotados em períodos de alta estação.

A experiência de visitar pelo menos um coffeeshop é válida. Caso tenha que optar,  The Bulldog é um dos mais famosos e movimentados da cidade.

Os famosos bolinhos de maconha (Space Cake) são facilmente encontrados aqui. Esse produto é muito famoso entre os turistas que estão em busca de uma experiência local. Destaco que o consumo deve ser feito com cautela, principalmente pelos usuários que não tem o costume de consumir a semente com frequência.

Space Cake

Space Cake

Clique aqui para obter maiores informações sobre o consumo de drogas em Amsterdam e conhecer as melhores opções de coffeeshops da cidade.

• JORDAAN

 Lindo bairro localizado à oeste do centro da cidade. É uma região tranquila, onde é possível escapar da multidão de turistas, e aproveitar seus canais estreitos e casas do século 17. O local é super agradável para um passeio no fim da tarde, e a sensação é de estar em um vilarejo.

Canais - Jordaan

Canais – Jordaan

Como chegar: Trams 1, 2, 3, 5 e 10.

• AMSTERDAM CENTRAAL

Principal estação ferroviária da cidade. A estação tem conexão direta com o aeroporto de Amsterdam, além de ser o ponto de partidas para outras cidades e países da Europa.

Como chegar: Trams 1, 2, 5, 13, 17 e 18. Ônibus 170, 172 e 174.

banner_mododica_base

Posts Relacionados