A cidade apresenta traços marcantes da charmosa Suíça. Está emoldurada pelas magníficas montanhas Rigi, Pilatus e Stanserhorn, possui ruas floridas e estreitas, suas praças são charmosas, e o Lago Lucerna completa a paisagem belíssima que é tão apreciada pelos turistas.

Lucerna é tida como a porta de entrada para os visitantes que desejarem desvendar a Suíça Central. É também o coração da Confederação Suíça, pois os três cantões (Uri, Schwyz e Unterwalden) que juraram o Pacto da Aliança em 1291 situam-se nas margens do lago Lucerna.

Moeda: Franco Suíço. O Euro é bem aceito, porém o troco na maioria dos estabelecimentos será em Francos.

Idioma: Alemão.

Visto: Brasileiros não precisam de visto (estadia até 3 meses). Para estadias mais longas (estudo/trabalho), é necessário fazer a solicitação no consulado da Suíça no Brasil.

Quando ir: Depende do seu objetivo. Se o intuito for curtir a neve e visitar as estações de ski, opte pelos meses de dezembro a fevereiro. O inverno é rigoroso, e as temperaturas podem variar entre -2ºC e 8ºC, ocorrendo inclusive muitas nevascas.

Durante os meses de julho e agosto as temperaturas variam entre 14 ºC e 24 ºC, sendo possível aproveitar dias mais longos (anoitece por volta das 21h). No verão é possível aproveitar os lagos do país, e atividades ao ar livre são disponibilizadas. O ponto fraco é que nessa estação as chuvas são mais frequentes.

Na primavera e no outono, a temperatura gira entre 8 ºC e 15 ºC. Nesse período as cidades estão coloridas e mais vazias.

Como chegar: Lucerna não possui aeroporto. O mais próximo está localizado em Zurique. A Swiss Airlines tem sede no país, e possui voos diretos de SP a Zurique diariamente. O trajeto de Zurique à Lucerna pode ser feito de trem ou carro. Para saber como se locomover do aeroporto de Zurique para o centro de Lucerna, clique aqui.

Quantos dias: A cidade é compacta, sendo possível conhecer em apenas um dia. Inclua mais um dia em seu roteiro se você desejar conhecer uma montanha da região.

Onde de hospedar: No entorno da estação central. Existem diversas opções de hotéis nessa área, e você pode chegar no centro histórico em pouquíssimos minutos caminhando. Essa localização renderá a economia de alguns francos com táxi, pois será possível ir caminhando para o seu hotel em sua chegada/saída da cidade.

Como circular: A maioria dos pontos turísticos são acessíveis a pé. A malha ferroviária do país é excelente, sendo possível se deslocar facilmente para outras cidades e atrações em destaque.

O que fazer: Não espere encontrar inúmeros pontos turísticos. A principal atração na cidade são os cenários típicos suíços acompanhados de seus chocolates que ganharam fama no mundo todo.

Lago Lucerna

Lago Lucerna

•Ponte da Capela (Kapellbrücke): Considerada o cartão postal da cidade, a Ponte da Capela foi construída no século XIV, e o seu interior é decorado com pinturas que retratam a história de Lucerna e do país. É uma das pontes coberta de madeira mais antigas da Europa.

Ponte da Capela

Ponte da Capela

lucerna

Monumento do Leão: Escultura lapidada diretamente no rochedo em memória aos guardas suíços que foram mortos em Paris durante a Revolução Francesa.

leao-lucerna

O Monumento do Leão tem 9 metros de largura e 6 de altura

Como chegar: Sua localização é próxima do centro, sendo facilmente acessado a uma curta caminhada pela Zurichstrasse – uma das principais ruas comerciais da cidade. A partir das linhas de ônibus 1 e 19 (descer na estação Wesemlinrain) e 07 e 14 (descer na estação Wey) é possível chegar na atração. Todas as linhas mencionadas possuem pontos próximos ao centro.

Centro Histórico: Está localizado na margem norte do rio Reuss. As construções antigas foram preservadas, o que torna a visita bem interessante. Fontes, praças e igrejas são facilmente encontradas na região. Suas ruas são calçadas de pedra, e as praças arborizadas ficam lotadas de visitantes durante todo o dia.

Existe uma grande concentração de lojas onde é possível comprar souvenirs temáticos. Um grande destaque é a loja de chocolates Läderach.

Entrada para a perdição!

Entrada para a perdição!

Hummmmm

Hummmmm!!

Tem chocolate para todos os gostos

Tem chocolate para todos os gostos!!

laderach

Dica: As barras abaixo de pistache, morango e caramelo podem proporcionar uma experiência única. Existem embalagens prontas, mas se o intuito for gastar menos opte por quantidades menores no quilo.

chocolate-suico

Endereço: Weggisgasse 1, 6004

•Lago Lucerna: Ideal para caminhar apreciando os lindos cenários que vão se destacando ao redor do lago. Sinta a brisa que invade a alma, e curta bons momentos em suas margens. Algumas opções de lazer são disponíveis na região: trilhas para ciclismo e patinação, passeios de barco a vapor, e excursão para as montanhas e museus próximos.

lago lucerna

lago-lucerna

lucerna

•Centro de Convenções e Cultura (KKL): Local onde diversos eventos culturais são realizados ao longo do ano. Foi projetado pelo renomado arquiteto francês Jean Nouvel, sendo considerado um destaque arquitetônico de Lucerna.

Fonte: http://www.viajarpelomundo.com.br/

Fonte: http://www.viajarpelomundo.com.br/

Como chegar: Pegue a famosa Zentralstrasse (sentido Lago Lucerna), vire à direita ao chegar na Bahnhofpl, e siga em frente. O KKL está localizado ao lado da estação principal de Lucerna (Bahnhof).

•Estação Bahnhof: É a principal estação da cidade. Possui ligação direta com a estação do aeroporto de Zurique. Diariamente partem trens para as outras cidades da Suíça, e até para outros países da Europa. Sua localização é bem central, estando inclusive bem próxima ao Lago Lucerna.

ALPES

 Lucerna está rodeada de montanhas como o Titlis e Pilatus. É um passeio para os que buscam uma experiência nos alpes suíços. Prepare-se para altitudes elevadas e cenários panorâmicos de tirar o fôlego.

•Monte Titlis: Está localizado a 45 minutos de Lucerna. O acesso ao monte é feito nas proximidades de um vilarejo típico suíço que encanta os turistas que por ali passam.

TITLIS

O Titlis tem neve durante o ano inteiro, o que torna a atração muito procurada pelos turistas que desejam ver neve mesmo no período de verão.

titlis-suica

Essa atração é fortemente indicada. Para maiores detalhes, confira o post detalhado sobre o Titlis.

•Pilatus:

O Pilatus tem 2132 metros de altura, e possui algumas atrações como mirantes, trilhas e algumas atividades que variam conforme a estação do ano.

Os mirantes possuem vista para o Lago dos Quatro cantões, Lucerna, Rigi, Bürgenstock, Titlis, Stanserhorn, Suíça Central e Alpes berneses.

No verão é possível encontrar algumas atividades como escalada em rocha, parapente, tobogãs e um parque de cordas mais completo da Suíça. Já no inverno, as atividades tão aguardadas na neve dominam (ski, tobogãs e trenós).

 Atenção: Durante o verão não é possível ver neve.

Pilatus ao fundo

Pilatus ao fundo

Fonte: http://decaprala.com

Fonte: http://decaprala.com

Como chegar: Existem duas formas: Ônibus linha 1 até Kriens (descer na estação Linde Pilatus) + teleférico (Pilatus Kulm), ou trem/barco (via Alpnachstad) + teleférico (Pilatus Kulm).

A partir de Lucerna é possível fazer bate e volta para alguns lagos que não figuram nos guias convencionais. Clique aqui para descobrir algumas relíquias presentes na Suíça.

Posts Relacionados