GRAND CANYON

Grand Canyon é divido em três margens: South Rim e North Rim que ficam dentro do Grand Canyon National Park, e Grand Canyon West, localizado dentro de uma reserva indígena (tribo Hualapai).

South Rim (borda sul) fica a seis horas de carro de Las Vegas, tendo um acesso mais fácil do que North Rim (borda norte). Por ser mais distante, North Rim recebe pouco mais do que 9% dos visitantes da borda sul. Apesar da dificuldade para alcançar essa margem, a beleza do cânion é espetacular.

Grand Canyon West é o ponto de menos interesse, porém mais próximo de Vegas, estando localizado a apenas 2 horas de carro.

Qual é a borda mais indicada?

Tudo vai depender do seu objetivo, tempo e disposição. Para conhecer bem a borda norte ou sul, o indicado é se hospedar no interior do parque ou nos arredores por pelo menos duas noites. Como as distâncias são longas, o bate e volta acaba sendo bem cansativo.

Se você tiver tempo, não hesite em conhecer a borda sul, considerada a mais bonita.

South Rim

West Rim é indicado para quem não tem muito tempo e deseja fazer um bate e volta no mesmo dia. Apesar dos cânions serem bonitos, a borda sul é infinitamente mais bonita.

Será que vale a pena conhecer o Grand Canyon West?

Se você não tem dias suficientes para ir até South Rim, vale a pena conhecer um pedacinho do Grand Canyon e de quebra, ter uma bela vista do rio Colorado. O trajeto é curto e a paisagem durante o trajeto é linda.

Flora no caminho

Como é feito o passeio no Grand Canyon West?

O West tem três pontos de observação: Hualapai Ranch, Eagle Point e Guano Point. Ao entrar no parque, um ônibus leva os turistas a cada ponto de observação.

Ônibus que faz o circuito entre os três pontos de observação

A primeira parada é no Hualapai Ranch. O local parece uma cidade de faroeste e a decoração dos estabelecimentos (banco, restaurante e lojinhas) é uma gracinha. O visitante se sente naqueles filmes antigos de bangue-bangue.

 

Nesse ponto não se tem uma vista bacana do cânion e a atração principal gira em torno desse rancho.

Quem compra o ingresso com almoço incluído, tem a possibilidade de almoçar em qualquer um dos três pontos. A melhor refeição é nessa primeira parada, que tem opção de proteína (frango ou costela de porco) com acompanhamentos (purê, massa, salada, feijão americano etc).

Opção de refeição na primeira parada

A segunda parada é no Eagle Point e o destaque fica por conta do famoso Skywalk, uma passarela de vidro afixada a 1.200 metros acima do rio Colorado. Para acessar é preciso comprar o ticket de entrada nos três pontos + Skywalk.

Skywalk

Nesse ponto já é possível admirar os cânions e ficar surpreso com tamanha beleza. Tirar fotos é de lei, porém fique atento aos perigos de chegar próximo da borda, que não possui nenhuma proteção.

 

Não deixe de visitar a vila com habitações de tribos indígenas americanas. Por fim, uma lojinha interesse está repleta de itens produzidos pelos próprios índios da região.

 

A última parada é no Guano Point. É nesse local que você vai suspirar ao contemplar o rio Colorado passando no meio dos cânions. A vista é de tirar o fôlego.

 

Suba em uma grande pedra localizada nesse ponto e tenha uma visão privilegiada.

É possível conhecer o West Rim de helicóptero?

Sim. No mesmo ponto onde é vendido o ticket para acesso aos três pontos de observação, é possível reservar o passeio de helicóptero. A duração é de 1 hora e além de sobrevoar os cânions, o helicóptero pousa em seu interior e um passeio de barco no rio Colorado é realizado.

Passeio helicóptero

Existe a opção de pegar o helicóptero em Las Vegas, sem ter que percorrer as 2 horas até a entrada do parque. É uma forma rápida de alcançar o West Rim e ainda ver Las Vegas do alto.

E South Rim? Como funciona o acesso e o passeio?

A viagem de carro demora cerca de 6 horas até o parque. Se você for de ônibus com empresas locais, o percurso pode ser um pouco mais lento.

Algumas empresas fazem a primeira parada no centro de visitantes da National Geographic, onde é possível reservar passeios guiados e assistir um filme no cinema IMAX. No vídeo de 34 minutos é possível viajar pela história do Grand Canyon.

South Rim possui pontos de observações fantásticos, sendo impossível não se encantar com esse espetáculo da geologia.

 

São inúmeros mirantes e pontos de visão panorâmica.

Onde se hospedar no parque (South Rim)?

O ideal é se hospedar dentro do parque, nos hotéis da Grand Canyon Village. Algumas opções: El Tovar HotelMaswik Lodge, Yavapai LodgeThunderbird Lodge e Kachina Lodge.

Faça a reserva com pelo menos cinco meses de antecedência.

Quero fazer trilhas no South Rim. Preciso reservar e contratar guias?

Não precisa fazer reserva, mas caso queira acampar no cânion, será necessário fazer reserva prévia e receber autorização do parque.

No caso dos guias, não é obrigatório, porém é indicado por uma questão de segurança.

Vale a pena visitar a borda norte?

O parque está localizado a 400 quilômetros de Las Vegas e 200 quilômetros de Page. É o ponto menos frequentado pelo difícil acesso.

Está aberto para visitação apenas de 15 de maio a 15 de outubro e possui poucos mirantes.

Se você não conhece nenhum dos três pontos de observação, não vale a pena escolher a borda norte.  Quem já conhece South Rim e o Grand Canyon West, pode considerar a visitação e se surpreender com os mirantes, fauna e flora peculiares da região.

INFORMAÇÕES PRÁTICAS

No verão o calor no Grand Canyon castiga os visitantes despreparados. Não esqueça de levar protetor solar, boné/chapéu, óculos de sol e use roupas e sapatos confortáveis.

No local é possível comprar água, porém não existem pontos de vendas em qualquer lugar. Leve uma garrafa de água e mantenha-se hidratado.

BATE E VOLTA SOUTH RIM

Em Las Vegas diversas empresas de turismo oferecem um bate e volta de ônibus até a borda sul. O passeio é cansativo e o turista fica pelo menos 12 horas na estrada. Em contrapartida, a duração no South Rim é de no máximo 2 horas.

Apesar do South Rim ser o “filé mignon” do Grand Canyon, não vale a pena conhecer a atração de forma tão corrida e exaustiva.

TUSAYAN

Tusayan é uma cidade localizada a 10 quilômetros da entrada do parque (South Rim). É uma boa opção para quem não for ficar dentro do parque e deseja explorar bem a região.

Como os hotéis ficam lotados o ano inteiro, faça a sua reserva com pelo menos quatro meses de antecedência.

EMPRESA DE TURISMO – CURTINDO VEGAS

O casal de brasileiros Jéssica e Leandro moram em Las Vegas e oferecem passeios privativos até o Grand Canyon West e South Rim.

Se você quiser fazer um bate e volta até o South Rim, essa é a maneira mais cômoda e prática de realizar o passeio. O transporte é feito em carros confortáveis e o tempo no cânion será bem maior, além de uma parada estratégica na rota 66.

O casal tem um grande conhecimento do Grand Canyon e fornece informações interessantes sobre a história do lugar.

Jéssica e Leandro são simpáticos, fazem cliques espetaculares durante o passeio e deixam o tour mais leve e divertido.

Contato

Celular: 1+ 702 239-8646 | 1+ 702 239-6488

Redes Sociais 

Facebook: https://www.facebook.com/curtindovegas

Instagram: https://www.instagram.com/curtindovegas

Site

www.curtindovegas.com.br

→ O Modo Férias conheceu o Grand Canyon West em parceria com a empresa Curtindo Vegas.

→ Não há limites para a felicidade em Vegas. Se você pensa em casar na cidade, clique aqui e saiba todas as informações necessárias para a realização da cerimônia.

Posts Relacionados