Imagina uma cidade com um friozinho gostoso, comida boa, pessoas receptivas e só de colocar o pé na rua, os carros imediatamente freiam para você atravessar.  Pois é, não se trata de uma cidade no exterior mas sim de um lugar que está bem aqui no nosso território. Gramado, junto com sua vizinha Canela, atraem turistas o ano inteiro e é o principal destino de inverno do país. Com forte influência alemã e italiana, muito presente na arquitetura da cidade e na culinária,  você muitas vezes vai achar que está fora do Brasil.

Quando ir:

Até os anos 80, Gramado era muito procurada durante o inverno pelas pessoas que queriam curtir um frio na serra e, com sorte, ver neve. Quando surgiu o Natal Luz, que acontece de novembro a janeiro e virou a maior atração da cidade, Gramado passou a ser visitada o ano inteiro. Esse é realmente um evento imperdível e apesar de toda a cidade ficar mais cara durante esse acontecimento, vale o investimento.

dsc_0320

Gramado durante o Natal Luz

Em agosto, é estendido na Rua Coberta o tapete vermelho, para receber o Festival de Cinema de Gramado, importante festival do cinema brasileiro. Em Abril e Maio acontece a Festa da Colônia, um evento bem tradicional que homenageia os imigrantes alemães, italianos e portugueses que colonizaram a cidade no século 19. Uma grande festa com desfiles, apresentações culturais, culinária e produtos típicos.

Por estar localizada no sul do país e ainda a 830 metros de altitude, a região tem um inverno bem marcado, com temperaturas entre 8oC e 17oC. Durante essa estação também é possível que frentes frias façam a temperatura chegar a abaixo de 0oC, podendo ocorrer geadas e até mesmo neve. Com exceção do período de abril a junho, as chuvas costumam ser frequentes. De novembro a janeiro a cidade fica linda cheia de flores, é o período em que crescem as hortênsias. No verão, a temperatura pode chegar aos 30 oC. Vale sempre levar um casaco e acompanhar a previsão antes de fazer as malas, é possível também pegar dias frios mesmo no verão.

dsc_0756

Como chegar:

Município do estado do Rio Grande do Sul, Gramado está localizado na Serra Gaúcha, Região das Hortênsias. Apesar do aeroporto mais próximo ser o de Caxias do Sul, a opção que oferece mais voos e facilidades de transporte, é o aeroporto de Porto Alegre, que fica a 120km, aproximadamente 1h50min de carro.

Você poderá alugar e retirar o carro no aeroporto mesmo. São três opções de acesso à cidade, vindo de Porto Alegre: Via Novo Hamburgo pela BR-116 +RS-239 + RS-115, sendo esse o caminho mais rápido; via Nova Petrópolis pela BR-116 + RS-235, conhecido como Rota Romântica, esse caminho é o mais bonito entre as opções; via Gravataí/Taquara pela BR-290 + RS-118 + RS-020 + RS-115, considerada uma rota alternativa em caso de trânsito.

Algumas linhas de ônibus fazem esse trajeto entre Porto Alegre, Gramado e Canela. São os ônibus da empresas Itapemirim e viação Citral. Durante feriados e finais de semana, é aconselhável que você garanta sua passagem de ônibus pela internet, deixando sempre uma folga de uma hora entre a hora que seu avião irá pousar e o horário do embarque do ônibus. Esse é o tempo de desembarcar do avião, retirar as malas e ainda emitir sua passagem física a partir do voucher que é gerado pela compra na internet. Os preços variam de acordo com o horário: tem passagens de R$32, outras por R$42.

Existe ainda a opção de transfer, normalmente feito em van ou ônibus por agências de turismo e costuma custar entre R$100 e R$150.

Quantos dias:

O ideal é que você disponibilize pelo menos três dias para conhecer a cidade e seus pontos turísticos. Mas com tantos restaurantes bons e um clima que é uma delícia, Gramado se torna uma cidade fácil de ficar por uma semana. É difícil se cansar de todo aquele verde, fondue, friozinho, café colonial, cozinha italiana, cozinha alemã, enfim como já dito, uma delícia!

Onde de hospedar:

O ideal é ficar no centrinho de Gramado, nas proximidades da Av. Borges de Medeiros, na altura da Rua Coberta. Se os hotéis estiverem caros ou cheios, não se desespere. A cidade é relativamente pequena, então não será um deslocamento longo. Até mesmo a vizinha Canela, que está a 15 minutos de Gramado, se tornou opção de muitos turistas que preferem um lugar mais sossegado.

Rua Coberta

Rua Coberta

Como circular:

A melhor maneira para conhecer o centro de Gramado é a pé. Para conhecer lugares mais longes e cidades vizinhas existem vários tipos de transportes.

Se optar por alugar um carro não terá dificuldade de dirigir pela região, as pessoas são super educadas, o que faz o trânsito ser bem tranquilo. Além disso, o carro é uma ótima opção porque te deixa livre para fazer seus passeios por conta própria. Para estacionar nas ruas, certifique-se de que estacionou na Zona Azul, área permitida pela Prefeitura que cobra por tempo de permanência. O pagamento é feito com moedas nos parquímetros que ficam espalhados pelas calçadas.

Para quem estiver a pé, a maneira mais econômica de deslocar para locais mais distantes é o ônibus. Não são muitas opções de transporte público. Uma linha circular que sai da rodoviária de Gramado faz o trajeto Gramado-Canela. Para pontos turísticos fora dessa rota, você terá que buscar outras alternativas. Na parte da noite, os ônibus saem com maior intervalo de tempo.

Também existe o BusTour, uma espécie de ônibus turístico hop on/hop off (pode subir e descer quantas vezes quiser), que passa pelos principais pontos turísticos de Gramado e Canela, e circulam entre 8h15 e 18h30. O valor varia de R$69 a R$138, de acordo com a duração do bilhete (1 a 3 dias).

Nos dias que bater aquela preguiça de pegar ônibus, táxi também pode ser uma opção. Considere que na cidade existem poucos veículos e dependendo do horário e época do ano, a fila de espera pode ser bem grande. O valor é cobrado baseado no uso de taxímetro.

Muitos restaurantes oferecem transporte gratuito. Com agendamento, eles buscam e levam no hotel.

Posts Relacionados